Última hora

Última hora

Fiat à conquista da Índia

Em leitura:

Fiat à conquista da Índia

Tamanho do texto Aa Aa

A construtora italiana Fiat assinou um acordo com a indiana Tata Motors para uma parceria na construção de automóveis no país, nomeadamente dos modelos Palio e Siena. O objectivo é destronar os fabricantes asiáticos Suzuki e Hyundai, actuais líderes no mercado indiano.

O projecto foi apresentado esta sexta-feira numa cerimónia em Nova Deli.

O presidente executivo da Fiat, Sergio Marchionne, diz que “o grupo tem agora a maior estabilidade financeira dos últimos dez anos e uma excelente equipa para liderar a organização”.

O presidente da Tata Motors, Ratan Tata, diz que esta é a altura certa para avançar com o negócio: “É uma grande oportunidade para aumentar os volumes de vendas das construtoras mundiais na Índia. O que quer que seja feito agora, tem de ser feito da maneira melhor e mais eficiente, de forma a garantir a qualidade do que vamos produzir”.

Actualmente, a Maruti, filial indiana da Suzuki, ocupa quase metade do mercado, seguida pela Hyundai, com uma fatia de 17%. O resto é ocupado pela Tata Motors e plas outras construtoras. A Fiat tem apenas uma parte ínfima do mercado: 0,2%.

Por isso, o grupo quer crescer no país, uma das economias mais efervescentes no Mundo, e escolheu como parceira uma das empresas do sector com mais história no país. O grupo foi fundado em 1945 e é o maior do sector em termos de volume de negócios. Emprega actualmente 22.000 pessoas.