Última hora

Última hora

Europa tinha conhecimento de actividades da CIA

Em leitura:

Europa tinha conhecimento de actividades da CIA

Tamanho do texto Aa Aa

As prisões e as actividades secretas da CIA no velho continente eram conhecidas pelos países europeus. A denúncia foi feita pelo investigador chefe da Comissão de inquérito do Conselho da Europa e deputado suíço, Dick Martin, durante uma conferência de imprensa na localidade suíça de Burgdorf.

“Gostaria que ficasse claro que o problema não diz respeito só à Roménia e à Polónia. Seria demasiado simples incriminar apenas esses dois países. Acho que toda a Europa aceitou ficar calada, porque se é verdade que algo se passou na Roménia e Polónia, alguma coisa também ocorreu noutros países. Muitos estavam a par do que se estava a passar”, declarou Martin. A comissão de inquérito avançou seriamente nas investigações depois de ter tido acesso a um fax do governo egípcio enviado à embaixada de Londres, em Novembro, interceptado pelos serviços secretos helvéticos e posteriormente publicado no jornal Le Mattin. O documento refere que o Egipto possui provas de que pelo menos 23 iraquianos e afegãos foram interrogados numa base americana na Roménia e que a CIA dirige centros de detenção noutros quatro países, que serão a Ucrânia, Polónia, Bulgária e Macedónia. A comissão de inquérito vai apresentar um relatório completo no dia 23 na assembleia do Conselho da Europa.