Última hora

Última hora

Gordon Brown apela à criação de dia nacional britânico

Em leitura:

Gordon Brown apela à criação de dia nacional britânico

Tamanho do texto Aa Aa

O orgulho patriótico anda arredio do espírito dos britânicos. Os atentados de 7 de Julho em Londres foram uma prova de que o sentimento nacional é inexistente entre muitas camadas da população.

Por isso Gordon Brown, o ministro das Finanças que é visto como o sucessor de Tony Blair na chefia do executivo, apelou à criação de um dia nacional, como o 4 de Julho americano ou o 14 de Julho francês, para evocar os valores britânicos. Esta seria uma forma de reforçar a identidade nacional numa sociedade multicultural. O reforço da ideia nacional passou, por exemplo, pela introdução, em Novembro, de um teste de 24 perguntas aos requerentes da nacionalidade britânica. Pelo menos 18 respostas têm de estar correctas para se obter o passaporte. “Eu acho que é uma boa ideia para pessoas que vêm de diferentes países porque assim têm de aprender coisas sobre Inglaterra, sobre o sistema escolar ou o sistema parlamentar”, afirma uma requerentes. O potencial sucessor de Tony Blair até já pensou numa data para celebrar o orgulho britânico. Trata-se do 11 de Novembro, dia em que se recordam os mortos nas Grandes Guerras do século passado.