Última hora

Última hora

Airbus ultrapassa Boeing em 2005

Em leitura:

Airbus ultrapassa Boeing em 2005

Tamanho do texto Aa Aa

A Airbus surpreendeu os analistas esta terça-feira, ao afirmar que no ano passado recebeu mais encomendas e entregou mais aviões que a rival norte-americana Boeing, contrariando as estimativas feitas até agora, que davam vitória aos norte-americanos nesta guerra comercial.

Diz Gustav Humbert, presidente da construtora aeronáutica europeia, “2005 foi o melhor ano de sempre para a Airbus, tanto em termos de entregas e produção, como em termos de rentabilidade e encomendas com este êxito em 2005, mantivemos a liderança nesta indústria”.

O ano de 2005 foi, realmente, recorde para qualquer um dos dois gigantes da aeronáutica. Tanto a Airbus como a Boeing viram o número crescer várias vezes. No caso da Boeing, o valor mais que triplicou, das 272 encomendas de 2004 para as 1002 do ano passado.

Mesmo com mais encomendas que a rival, a Airbus mas admitiu ter perdido terreno. A construtora norte-americana teve encomendas mais valiosas que a Airbus, uma vez que vendeu mais aviões de longo curso e aplicou descontos mais baixos.

A Airbus vendeu sobretudo para a Índia e para a China, países onde o sector da aeronáutica civil se desenvolveu muito no ano passado. As companhias de baixas tarifas também representaram grande parte do volume de negócios de ambas as companhias.

Para os próximos anos, a boeing aposta no 787 Dreamliner, que está ainda em fase de construção, enquanto a Airbus tem como jóia da coroa o maior avião comercail do Mundo, o A380, que teve o voo inaugural em 2005.