Última hora

Última hora

Obras de Gustav Klimt, roubadas pelos nazis, ficam na Áustria

Em leitura:

Obras de Gustav Klimt, roubadas pelos nazis, ficam na Áustria

Tamanho do texto Aa Aa

Cinco obras de Gustav Klimt deverão ser devolvidas à família que era a proprietária dos quadros antes da Segunda Guerra Mundial. A história é fácil de contar. Maria Altmann, sobrinha de Ferdinand Bloch-Bauer, dono das obras de Klimt, reclamou a restituição de cinco quadros, adquiridos pelos Nazis aquando da anexação da Áustria pelos alemães.

Agora, sete anos depois de algumas batalhas jurídicas, o tribunal arbitral de Viena considerou que as obras deveriam voltar às mãos dos proprietários antigos. Maria Altmann diz, no entanto, que, pessoalmente, prefere que os quadros sejam mantidos em Museus na Áustria, do que vendê-los a privados. De qualquer modo, promete avaliar todas as propostas. As cinco obras valem pelo menos 200 mil euros. A família austríaca será proprietária de mais duas obras do pintor. Gustav Klimt, um dos mestres da “art nouveau”, morreu em 1918. Era bastante controverso para a época. Muitos criticavam as suas obras por serem demasiado sensuais e eróticas.