Última hora

Última hora

A Áustria quer restabelecer a confiança dos cidadãos europeus

Em leitura:

A Áustria quer restabelecer a confiança dos cidadãos europeus

Tamanho do texto Aa Aa

O chanceler austríaco, Wolfgang Schussel, apresentou esta quarta-feira, no Parlamento Europeu, as linhas mestras do programa da presidência austríaca da União Europeia.

Mais Europa e conciliação dos valores sociais com a economia de mercado dão a tónica a estes seis meses de presidência. Viena quer incrementar o emprego e o crescimento económico.

Mas quer também reforçar os laços institucionais e devolver a confiança aos cidadãos europeus.

“Queremos que no final da nossa presidência a confiança dos cidadãos, dos Estados e entre as instituições esteja reforçada”, afirmou o chanceler austríaco.

Para o crescimento económico e o desenvolvimento do emprego, a Austria defende o incentivo às pequenas e médias empresas. Schussel afirma mesmo que as PME’s são a “única máquina de criar emprego ao nível europeu”.

Quanto ao alargamento, o chanceler não entrou em pormenores mas afirmou que “feito de forma correcta e inteligente pode ser uma estratégia de crescimento”.

O relançamento da reflexão sobre a Constituição Europeia é também um ponto forte da agenda austríaca. Mas as intenções de Viena podem agora ensombrar-se, uma vez que a batalha mais urgente volta a ser o orçamento depois do chumbo da proposta do conselho pelo Parlamento Europeu