Última hora

Última hora

Derrocada na bolsa japonesa

Em leitura:

Derrocada na bolsa japonesa

Tamanho do texto Aa Aa

A bolsa de Tóquio foi sacudida por um pequeno terramoto, esta quarta-feira, o que acabou opr arrastar os mercados mundiais. O índice Nikkei fechou a perder quase 3% por causa de notícias relacionadas com a operadora de páginas web Livedoor. O título foi alvo de muitas ordens de venda, a que os computadores da bolsa japonesa não conseguiram responder, o que fez com que a bolsa fechasse 20 minutos mais cedo que o habitual.

O governo japonês está preocupado. Diz um porta-voz do executivo, “os recentes acontecimentos relacionados com a Livedoor causaram grandes volumes de transacções. No entanto, mesmo tendo em conta este factor, as acções estão a cair demasiado e muito depressa”.

Na origem deste último episódio está uma investigação às contas da Livedoor. A empresa, vista como um símbolo do dinamismo do sector da Internet, terá mascarado os prejuízos de 2004 para manipular a cotação bolsista.

A situação lançou novas dúvidas sobre a funcionalidade da bolsa de Tóquio, palco nos últimos meses de várias falhas de equipamento.

Jack Reeernick, especialista em mercados asiáticos, diz que “a bolsa teve vários problemas, recentemente, causados por elevados volumes de transacções. É preciso fazer uma actualização do sistema, para que possa tratar todo este volume”.

Das últimas falhas de sistema na bolsa japonesa, a mais importante aconteceu no final do ano passado e obrigou a uma paragem nas negociações durante quase um dia inteiro.