Última hora

Última hora

Estrasburgo assiste a revolta dos estivadores em dia de sessão plenária

Em leitura:

Estrasburgo assiste a revolta dos estivadores em dia de sessão plenária

Tamanho do texto Aa Aa

O projecto de directiva europeia sobre a liberalização dos serviços portuários conseguiu juntar quase todos os eurodeputados contra ele. Todos menos o grupo dos conservadores espanhóis, que apoiam a ideia, desenvolvida pela anterior comissária para os Transportes, a também espanhola Loyola de Palácio.

O voto é esperado hoje em Estrasburgo. O actual comissário Jacques Barrot afirmou que retirará todas as consequências desse voto, subentenda-se uma possível demissão se for negativo. O projecto já tinha sido apresentado em Novembro de 2003. Os que estão contra acusam a comissão de apresentar a mesma proposta quase sem alterações. Entretanto claramente contra a liberalização estão os estivadores da União, que temem a perda de empregos. Há dois dias, quase 10 mil foram a Estrasburgo, literalmente, partir a loiça. Nem mesmo o edifício do parlamento escapou.