Última hora

Última hora

Imprensa britânica revela planos para raptar filho de Tony Blair

Em leitura:

Imprensa britânica revela planos para raptar filho de Tony Blair

Tamanho do texto Aa Aa

A história é, no mínimo, estranha mas o certo é que o assunto poderia ter sido bastante sério.

A imprensa britânica revelou que havia planos para raptar o filho mais novo do primeiro-ministro britânico. A priori, os autores possíveis poderiam ser militantes com ligações à Al-Qaida ou a outro grupo terrorista.Mas segundo o Sun, o jornal que revelou a notícia em primeira mão, os alegados autores do suposto plano para sequestrar Leo Blair são de um grupo de pais divorciados, pertencentes a uma associação, que pretendem mudar a lei que regula a guarda dos filhos do casal de pais separados. Matt O’Connor, da Associação “Fathers for Justice”, ficou surpreendido com a notícia, garante que a associação não tem nada a ver com isto e acha a situação traumatizante. Mas apesar da surpresa, a imprensa revelou, e O’Connor confirmou, que em Natais passados a Unidade Anti-Terrorismo da Polícia Metropolitana de Londres visitou os suspeitos em causa. A organização garante que esses elementos já não fazem parte da “Fathers and Justice”. Os alegados planos para o sequestro teriam como objectivo chamar a atenção da sociedade em geral para o problema dos pais a quem as mães não deixam ver os filhos. Nos gabinetes de Blair, das polícias, e dos serviços secretos é o silêncio que que reina.