Última hora

Última hora

Ministra israelita da Justiça acumula funções como chefe da diplomacia

Em leitura:

Ministra israelita da Justiça acumula funções como chefe da diplomacia

Tamanho do texto Aa Aa

Tzipi Livni foi hoje nomeada ministra dos Negócios Estrangeiros israelita, em substituição de Sylvan Shalom, tornando-se na segunda mulher na história de Israel a ocupar o cargo.

A nomeação foi oficializada durante uma breve reunião do conselho de ministros presidida pelo primeiro-ministro interino, Ehud Olmert, consagrada à remodelação ministerial do governo que se manterá em funções até às eleições legislativas antecipadas de 28 de Março. Livni, uma advogada de 47 anos que abandonou o Likud (de direita) para se juntar ao novo partido Kadima fundado por Ariel Sharon, acumulará as funções de ministra da Justiça. Estas nomeações surgem na sequência da recente demissão de quatro ministros do Likud, sob ordem do líder do partido e antigo primeiro-ministro israelita Benjamin Netanyahu. Todos os partidos que vão participar nas legislativas já realizaram eleições primárias e constituíram as listas de candidatos ao Knesset (Parlamento).