Última hora

Última hora

Ali Agca regressou à prisão

Em leitura:

Ali Agca regressou à prisão

Tamanho do texto Aa Aa

O Supremo Tribunal da Turquia ordenou o reencarceramento do homem que disparou contra o Papa João Paulo II em 1981. Ali Agca tinha sido colocado em liberdade na semana passada depois de cumprir 25 anos de prisão, 19 em Itália pelo atentado contra o Sumo Pontífice, e seis na Turquia por crimes na década de 70.

A libertação foi decidida por um tribunal de Istambul ao abrigo de uma amnistia de 2002 e pelo encadeamento das comutações de pena previstas no código penal turco. Contudo a decisão judicial foi vivamente contestada e criou mesmo um certo mal-estar no país. Por isso, o ministro da Justiça, Cemil Cicek, apresentou recurso ao Supremo Tribunal. A ordem de reencarceramento foi votada por unanimidade e é definitiva. O tempo de prisão passado em Itália tinha sido considerado nas contas da justiça, o que foi um erro. Ali Agca regressa assim à prisão depois de ter sido detido em Istambul logo após ser conhecida a ordem judicial. Em 1983 João Paulo II tinha perdoado o homem que o tentara matar. Ali Agca deu sempre explicações contraditórias sobre os motivos que o levaram a disparar contra o Papa.