Última hora

Última hora

Juros da Suécia sobem

Em leitura:

Juros da Suécia sobem

Tamanho do texto Aa Aa

O banco central da Suécia subiu, pela primeira vez em quase quatro anos, a taxa de juro directora.

A taxa do Riksbank estava num mínimo histórico de 1,5% e foi agora aumentada em 25 pontos de base, para 1,75%.

O banco central justificou este aumento do preço do dinheiro com o crescimento económico, que deve acelerar durante este ano, e o combate à inflação.

A Suécia continua a ter os juros mais baixos da União Europeia, mas com esta subida vai acompanhando o passo da Zona Euro, que tem actualmente uma taxa directora de 2,25%, que pode subir para os 2,5% em Março. A mais alta é a do Reino Unido (4,5%).

Os analistas acreditam que a taxa directora do Riksbank deve subir até aos 2% em Fevereiro, mas o Banco Central deve fazer depois uma pausa antes de decidir novos aumentos no preço do dinheiro.

O governo deve subir as previsões de crescimento económico para 2005 e para 2006 – estimativas que apontam já para um forte crescimento. A previsão feita no início de Dezembro aponta para um crescimento do PIB de 3,2% depois de 2,4% no ano passado.

Também em Dezembro, a taxa de inflação anual foi de 1,2%, a mais alta em mais de um ano.

O bom momento da economia sueca deve-se, em grande parte, aos juros baixos e tem-se reflectido nos números das empresas suecas – sobretudo, nas exportações de grandes grupos sediados no país, como a Ikea, a Electrolux, a Ericsson ou ainda a Saab, única filial da General Motors que não passa por dificuldades.