Última hora

Última hora

Portugueses no estrangeiro já votam para as presidenciais

Em leitura:

Portugueses no estrangeiro já votam para as presidenciais

Tamanho do texto Aa Aa

Fora das fronteiras portuguesas já se vota para as eleições presidenciais. São 187 371 os eleitores inscritos nas representações diplomáticas nos quatro cantos do Mundo.

Em Portugal, por algumas horas, ainda se podem esgrimir argumentos e críticas. O número de indecisos é importante e pode determinar a realização de uma segunda volta. As sondagens continuam a mostrar Aníbal Cavaco Silva à frente e a vencer já no domingo com uma larga vantagem. Mas nos últimos dias o professor de Economia registou uma ligeira descida permitindo aos cinco candidatos de esquerda acreditar na possibilidade de uma segunda volta a 12 de Fevereiro. Após uma campanha morna, centrada na economia e nos poderes do Presidente da República, a esquerda sonha com uma surpresa. É essa mesma a mensagem de Manuel Alegre no fim da campanha. O candidato poeta é segundo em algumas sondagens, mas outras mostram-no praticamente empatado com Mário Soares, que recusa baixar os braços na luta por um terceiro mandato em Belém. Surgem depois Jerónimo de Sousa seguido de Francisco Louçã e, por fim, António Garcia Pereira.