Última hora

Última hora

Ultimato sobre Jill Carrol perto do fim

Em leitura:

Ultimato sobre Jill Carrol perto do fim

Tamanho do texto Aa Aa

“Quero falar directamente aos sequestradores da minha filha.” Foi com estas palavras que o pai de Jill Carrol iniciou um apelo à libertação da repórter norte-americana do Christian Science Moniter.

A jornalista free-lancer de 28 anos foi raptada em Bagdade no dia 7 de Janeiro e na terça-feira passada foi lançado um ultimato de 72 horas. Os raptores ameaçam matar a repórter se as autoridades americanas no Iraque não libertarem várias mulheres iraquianas detidas pelos militares. Ontem, fontes da administração iraquiana, afirmaram que seis prisioneiras iriam ser libertadas. No entanto, um porta-voz militar disse que as libertações não vão suceder em breve já que decorrerão dentro dos trâmites habituais e não em resposta a ameaças. Entretanto esta manhã, uma das personalidades sunitas mais influentes da política iraquiana, Adnan Dulaimi, apelou igualmente à libertação de Jill Carrol.