Última hora

Última hora

Xiitas iraquianos vencem legislativas mas sem maioria absoluta

Em leitura:

Xiitas iraquianos vencem legislativas mas sem maioria absoluta

Tamanho do texto Aa Aa

O resultado final das eleições legislativas iraquianas, divulgado ontem, confirmou o novo equilíbrio de forças no país depois da queda de Saddam Hussein.

Os conservadores xiitas da Aliança Iraquiana Unida, embora vencedores do sufrágio não conseguiu a maioria absoluta e para formar governo terá que fazer coligações com as formações curda e sunita, as segunda e terceira mais votadas. A opção defendida por Washington é recebida com algumas reservas pelo principal partido sunita, a Frente Iraquiana para a Concórdia. O líder da formação, Salih Mutliq, afirma que o próximo governo será de unidade nacional, mas sem tomar em conta o resultado das eleições que aponta como fraudulentas. Mutliq defende que o acordo global ponha de parte divisões sectárias e étnicas. Para os observadores do sufrágio de dia 15 de Dezembro as eventuais fraudes, embora difíceis de apurar, não põem em causa a contagem final. O anúncio dos resultados definitivos, festejado nas regiões xiitas, levou as autoridades a reforçar a segurança em todo o país.