Última hora

Última hora

Grupos armados prometem acalmia eleitoral

Em leitura:

Grupos armados prometem acalmia eleitoral

Tamanho do texto Aa Aa

Os principais movimentos armados palestinianos comprometeram-se a manter a calma durante as legislativas. O acordo foi assinado na véspera do acto eleitoral pelos grupos saídos dos principais partidos, como os Mártires de al-Aqsa, próximos do Fatah, ou as Brigadas al-Qassam, o braço armado do Hamas.

O presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmoud Abbas, recebeu hoje o antigo presidente americano Jimmy Carter, que chefia a delegação de observadores do seu país. À saída do encontro, Abbas apelou à participação no escrutínio. Israel comprometeu-se a facilitar a circulação, apesar de se encontrar em alerta. Por isso controla as armas dos elementos das forças de segurança palestinianas que começam a ocupar os seus postos para a jornada eleitoral. Mais de 12.000 homens foram mobilizados para esta missão. Os cerca de 70.000 para-militares e polícias palestinianos votaram entre sábado e segunda-feira para estarem disponíveis na quarta-feira. De acordo com as últimas sondagens o Fatah, no poder, deve conquistar 59 mandatos. Já o Hamas, que participa pela primeira vez nas legislativas, pode obter 54 assentos.