Última hora

Última hora

O Ocidente na expectativa depois da vitória do Hamas

Em leitura:

O Ocidente na expectativa depois da vitória do Hamas

Tamanho do texto Aa Aa

Prudência é a nota dominante na União Europeia depois da vitória dos islamistas do Hamas nas eleições palestinianas. Desde o presidente em exercício da UE, o chanceler austríaco Wolfgang Schussel, aos chefes de governo as mensagens exortam o Hamas a abandonar as armas a reconhecer a existência do Estado de Israel.

“Com Mhamud Abbas como presidente temos um parceiro de confiança que mostrou que tem feito o caminho que lhe propusemos, a paz e a coexistência de dois estados e Abbas tem seguido esse caminho muita seriamente. Mas agora não vamosfalar de diferentes partidos, antes de mais vamos esperar pela formação de um governo” considerou Schussel. Alguns dirigentes do Hamas garantiram, ainda na terça-feira, que o grupo não não abandonaria o combate contra Israel o que leva o presidente George W. Bush a reafirmar a indisponibilidade de Washington para negociar com o Hamas, enquanto este persistir na luta armada e na recusa do Estado de Israel. Bush foi deixando o “recado” de que gostaria que Mahmud Abbas – líder da Autoridade Palestiniana e dirigente máximo da Fatah – se mantivesse na presidência, apesar da vitória dos islamitas nas parlamentares.