Última hora

Última hora

Polónia: queda de telhado em centro de exposições vai ser investigada

Em leitura:

Polónia: queda de telhado em centro de exposições vai ser investigada

Tamanho do texto Aa Aa

A Polónia está de luto nacional até quarta-feira. Pelo menos 67 pessoas morreram e há ainda outras 15 desaparecidas depois do desabamento do telhado do centro de exposições. A polícia teme o pior, as buscas por sobreviventes pararam. De acordo com as autoridades locais as portas de emergência do centro estavam bloqueadas no momento em que o telhado da estrutura desabou, ontem à tarde.

O presidente Lech Kaczynski já disse que esta foi a maior tragédia da terceira república polaca. Na localidade de Chorzow, onde o drama ocorreu, o espanto é total. Um residente local afirmou que “no passado houve muitos acidentes em minas, mas nunca nenhuma tragédia deste génro, com tantos mortos”. No momento da catástrofe decorria uma feira de columbofilia que atraiu visitantes de vários países, entre eles a Bélgica, Holanda, Alemanha ou a Ucrânia. O facto de as portas de emergência estarem alegadamente encerradas vai ser investigado. Os bombeiros e a polícia crêm que o peso da neve está na origem da queda do telhado. Há dezenas de pessoas feridas. Os termómetros baixaram até aos 15 graus negativos durante a noite, as equipas de resgate temem não ser possível sobreviver em condições tão inóspitas.