Última hora

Última hora

Sede do Jyllands-Posten evacuada após ameaça de bomba

Em leitura:

Sede do Jyllands-Posten evacuada após ameaça de bomba

Tamanho do texto Aa Aa

As instalações do diário dinamarquês “Jyllands-Posten”, em Aarhus, foram evacuadas devido a uma ameaça de bomba, esta terça-feira ao final da tarde.

O jornal publicou, em Setembro passado, uma série de caricaturas de Maomé, reproduzidas este mês numa revista norueguesa, o que desencadeou uma enorme polémica em diversos países muçulmanos, que exigem desculpas formais de Copenhaga e a condenação dos autores da sátira. O primeiro-ministro dinamarquês, Anders Fogh Rasmussen, rejeita qualquer sanção: “Queremos frisar que, na Dinamarca, a liberdade de expressão tem uma importância fundamental. Trata-se de um elemento vital e indispensável da sociedade e da democracia dinamarquesa.” A polémica motivou um boicote a produtos dinamarqueses no Médio Oriente e deu azo a diversos protestos nas ruas de capitais árabes, como em Damasco. Mas as implicações diplomáticas são ainda mais graves: a Arábia Saudita chamou o embaixador em Copenhaga, enquanto a Líbia encerrou a representação diplomática na capital dinamarquesa.