Última hora

Última hora

Ferry naufraga no Mar Vermelho com 1400 pessoas a bordo

Em leitura:

Ferry naufraga no Mar Vermelho com 1400 pessoas a bordo

Tamanho do texto Aa Aa

Tragédia no Mar Vermelho. Um naufrágio provocou numerosos mortos. O Salam 98 que naufragou ao largo da cidade de Safaga, uma zona turística com 1400 pessoas a bordo foi localizado a 600 metros de profundidade no Mar Vermelho a 90 quilómetros do porto de Hurghada. Os serviços de emergência egípcios resgataram perto de 400 pessoas e recuperaram 35 cadáveres. Segundo fontes policiais, a maioria dos sobreviventes foram encontrados em botes salva-vidas com sintomas de exaustão.

Quatro fragatas egípcias foram enviadas para o local para as operações de resgate. O ferry fazia a ligação entre o Egipto e a Arábia Saudita. As autoridades egípcias perderam o contacto com a embarcação que partiu do porto de Duba no sudeste do Cairo com destino a Safaga onde deveria ter acostado ontem à noite. Um SOS proveniente do Salam 98 foi interceptado por um barco da marinha britânica, o alerta terá sido enviado às autoridades egípcias O navio de guerra “HMS Bulwark” da Marinha britânica, que alterou o seu rumo para se dirigir ao Mar Vermelho e ajudar nas operações de socorro, voltou para trás por indicação das autoridades egípcias, que afirmaram não precisar de ajuda. O navio construído há 35 anos, renovado em 1990 e com pavilhão do Panamá, transportava maioritariamente egípcios, mas também sudaneses e sauditas. O presidente egípcio exigiu um inquérito urgente para apurar as causas do naufrágio.