Última hora

Última hora

Governo polaco alia-se a populistas e ultra-católicos

Em leitura:

Governo polaco alia-se a populistas e ultra-católicos

Tamanho do texto Aa Aa

Quatro meses após as eleições, o governo polaco, liderado por Kazimierz Marcinkiewicz, obtém a estabilidade com a assinatura de um acordo com os populistas do Samoobrona e da extrema-direita católica, a Liga das Famílias polacas.

O partido Lei e Justiça venceu o escrutínio de Setembro sem conseguir a maioria. O presidente da força política, Jaroslaw Kaczynsky, afirma que o pacto é válido por doze meses mas espera que se prolongue. Para já afasta-se a ameaça de eleições antecipadas e o governo, que não será alterado, poderá adoptar cerca de 150 projectos legislativos. Contudo, a situação preocupa os investidores, os meios financeiros polacos e Bruxelas, que temem as consequências desta aliança em termos de política externa. Pois o partido Samoobrona e a Liga das Famílias polacas são antiliberais e hostis à União Europeia.