Última hora

Em leitura:

Ocidente condena a inacção de Damasco nos ataques às embaixadas


mundo

Ocidente condena a inacção de Damasco nos ataques às embaixadas

As autoridades sírias são acusadas de não reprimirem os ataques contra as embaixadas da Dinamarca e Noruega em Damasco. Os Estados Unidos e a União Europeia condenam os incêndios e a destruição das duas representações diplomáticas o que também ocasionou danos nas embaixadas do Chile e da Suécia situadas no mesmo edifício. A ministra sueca dos Negócios Estrangeiros, Laijla Fraivaldar, fez questão de exprimir a sua inquietação pelos aconzecimentos e de acusar as autoridades sírias de não ter feito o necessário para proteger as instalações das representações estrangeiras e o respectivo corpo diplomático”.

As autoridades religiosas sírias qualificaram os incidentes de “má acção que não coincide com os ensinamentos islâmicos.” Os manifestantes incendiaram salas e escritórios que ficaram praticamente destruídos apesar de a polícia ter depois conseguido expulsar os grupos contestarários e retomar o controlo da zona.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Polícia deteve dezenas de alegados traficantes de imigrantes ilegais