Última hora

Última hora

Eleições nepalesas marcadas por distúrbios e baixa afluência

Em leitura:

Eleições nepalesas marcadas por distúrbios e baixa afluência

Tamanho do texto Aa Aa

A morte de um manifestante, baleado pelo exército, confrontos entre rebeldes e forças governamentais, bem como uma baixa afluência às urnas marcaram as eleições municipais do Nepal, as primeiras celebradas no país no últimos sete anos.

Os apelos ao boicote dos partidos da oposição e uma greve geral decretada pelos guerrilheiros maoistas levaram a uma baixa participação no escrutínio, que não deverá ultrapassar os 30 por cento. A sombra da violência e de intimidação obrigou a que dos mais de 4000 mandatos municipais em jogo, apenas 618 ficassem definidos esta quarta-feira. Os rebeldes já suspenderam a greve que tinha como objectivo reforçar o boicote ao acto eleitoral. Os resultados deverão ser anunciados esta quinta-feira.