Última hora

Última hora

Suspeito ligado ao 11 de Setembro aguarda recurso em liberdade

Em leitura:

Suspeito ligado ao 11 de Setembro aguarda recurso em liberdade

Tamanho do texto Aa Aa

Munir al-Motassadeq, a primeira pessoa a ser condenada num processo relativo aos atentados de 11 de Setembro nos Estados Unidos, vai aguardar em liberdade o recurso de uma sentença de sete anos de prisão.

A decisão de libertar o marroquino de 31 anos pertence ao Tribunal Constitucional alemão que considerou válido o argumento da defesa. Nomeadamente que Motassadeq tinha aguardado em liberdade os julgamentos precedentes e se tinha comportado correctamente. Em 2003, Motassadeq tinha sido condenado a uma pena de 15 anos de prisão num primeiro julgamento, pena depois anulada pelo Supremo Tribunal regional de Hamburgo, após ter concluído que houve erros processuais. Em Agosto do ano passado foi condenado a sete anos de prisão, decisão de que agora aguarda recurso. Motassadeq viveu em Hamburgo, na Alemanha, com os organizadores dos ataques às Torres Gémeas e ao Pentágono. Mas o comando não o terá posto ao corrente dos seus objectivos.