Última hora

Última hora

Blair anuncia abertura de inquérito a novo caso de abusos no Iraque

Em leitura:

Blair anuncia abertura de inquérito a novo caso de abusos no Iraque

Tamanho do texto Aa Aa

Está lançada a polémica no Reino Unido depois de o semanário News of the World ter publicado este domingo imagens chocantes de soldados britânicos a espancar jovens iraquianos. As imagens terão sido recolhidas por um membro das forças britânicas durante motins ocorridos em 2004 no Sul do Iraque

As autoridades militares e o próprio primeiro-ministro Tony Blair já anunciaram a instauração de um inquérito para averiguar responsabilidades. O Video foi divulgado em várias estações de televisão, do Reino Unido e de língua árabe. Esta não é a primeira vez que as tropas britânicas são acusadas de maus tratos no Iraque. Há um ano três membros do exército foram presos por envolvimento num caso de abusos de prisioneiros iraquianos. O Coronel Bob stewart, antigo comandante do exército britânico, questiona o comportamento dos soldados: “Parece ser sistemático, pode ser sistemático, e temos que perguntar-nos se este tipo de situações acontecem quando não há câmaras, e a reposta talvez seja: Sim” A divulagação das violentas imagens também está a provocar indignação na população iraquiana, que exprime revolta por estar a sofrer abusos por parte daqueles que deveriam estar no país para protegê-los.Mahmud Al Bachari, um cidadão iraquiano declarou: “Isto faz-nos lembrar a polícia de Saddam. A Grã-Bretnha revolta-se quando um cão é maltratado. Agora batem selvaticamente nos seres humanos com paus. Como é que eles podem afirmar que são a Mãe de todas as nações se os soldados cometem actos destes contra os cidadãos”. As autoridades da cidade de Bassorá, onde desde 2003 estão destacadas as tropas britânicas, já pediram explicações aos responsáveis militares do Reino Unido.