Última hora

Última hora

ONU envolvida em confrontos com manifestantes

Em leitura:

ONU envolvida em confrontos com manifestantes

Tamanho do texto Aa Aa

Há mais de 24 horas que os protestos no Haiti eram pacíficos, mas ao princípio da tarde de hoje uma pessoa morreu e várias ficaram feridas em distúrbios com as forças das Nações Unidas. Testemunhas garantem que os capacetes azuis foram responsáveis pela morte do civil, já o comando da ONU garante que a força internacional apenas disparou para o ar.

Os distúrbios tiveram lugar num bairro perto do aeroporto da capital. Um mar de gente tem exigido desde domingo, nas ruas de Port-au-Price, o anúncio da vitória do seu candidato à presidência René Préval. Os primeiros resultados preliminares davam a vitória absoluta ao antigo chefe de Estado, mas agora, com quase a totalidade dos votos contados, Préval não reúne mais do que 49 por cento. O Haiti vive há vários anos uma situação de extrema fragilidade económica num contexto de grave insegurança. A confirmarem estes resultados, René Preval será obrigado a disputar uma segunda volta com um outro antigo presidente, Leslie Mingat, que terá obtido apenas 11 por cento. As Nações Unidas encontra-se no território para manter a paz desde que Jean-Bertrand Aristide foi deposto há dois anos. Mas face às acusações de fraude por parte dos adeptos de Préval (antigo colaborador de Aristide) e apesar de todos os observadores internacionais terem anunciado que o escrutínio decorreu dentro da normalidade, existem receios que a violência volte às ruas.