Última hora

Última hora

Teste revela inexistência de gripe das aves em jovem grego

Em leitura:

Teste revela inexistência de gripe das aves em jovem grego

Tamanho do texto Aa Aa

Deu negativo o segundo teste realizado a um dos dois jovens gregos que se encontravam de quarentena em hospitais distintos de Salónica por suspeita de estarem contaminados com a gripe das aves. No entanto, um deles vai permanecer sob vigilância enquanto se aguarda o resultado do exame complementar.

Tanto na Grécia como na Itália, onde também se verificou a presença da doença,as medidas de contenção e prevenção definidas pela União Europeia entraram de imediato em vigor. Bruxelas tenciona dar liberdade de acção aos Estados membros. “O porta-voz da Comissão europeia, Philip Tod referiu que a “Comissão vai procurar saber a opinião do países da UE sobre a extensão destas medidas a todos os Estados membros que detectem casos suspeitos de H5N1 numa ave selvagem de forma a que tenham efeitos imediatos. A presença da perigosa estirpe H5N1 na União Europeia foi confirmada este fim-de-semana, com a Itália e a Grécia a detectarem cisnes mortos. A Eslovénia registou uma ave morta com o vírus influenza perto da Áustria, mas ainda não está confirmado tratar-se do H5N1. São esperados ainda os resultados dos testes complementares. Entre as medidas definidas por Bruxelas, está o estabelecimento de um perímetro sanitário de vários quilómetros em redor do local onde os animais são encontrados. Vários países, como a França e a Alemanha decidiram acelerar o processo de implementação das medidas prevenção, como o enclausuramento de aves de capoeira.