Última hora

Última hora

ONU e Parlamento Europeu querem encerrar Guantánamo

Em leitura:

ONU e Parlamento Europeu querem encerrar Guantánamo

Tamanho do texto Aa Aa

Washington deve julgar rapidamente todos os prisioneiros que se encontram em Guantánamo ou então libertá-los imediatamente. Esta é a conclusão de um relatório de 54 páginas elaborado pela Organização das Nações Unidas.

O Parlamento Europeu também se juntou ao coro de críticas internacionais ao votar uma resolução a pedir o fecho do centro de detenção. Para os eurodeputados “todos os prisioneiros devem ser tratados de acordo com a legislação humanitária internacional.” Ainda no capítulo dos escândalos prisionais envolvendo os Estados Unidos da América, o responsável da televisão australiana que divulgou fotos inéditas da prisão iraquiana de Abu Grahib justificou a sua decisão. De acordo com Mike Carey, há muitas fotografias bastante piores. Tais actos “não foram investigados pelas autoridades pelo que cabe aos jornalistas difundi-las. É uma questão de liberdade de expressão”, conclui. Já em Bagdade os iraquianos insurgem-se contra mais esta humilhação. “O estranho nesta matéria é o silêncio do governo. Apelamos ao governo para intervir, pois todos os presos têm direitos independentemente do seu crime”, referiu um cidadão de Bagdade. Outro referiu que “estes actos e violações não deveriam ser ignorados como foram os anteriores. Os americanos e os britânicos fazem-no repetidamente. As organizações de direitos humanos, os países árabes e a ONU deveriam fazer alguma coisa.” Estas imagens surgem numa altura em que os protestos contra as caricaturas de Maomé continuam nas ruas de alguns países islâmicos.