Última hora

Última hora

União Europeia impõe cativeiro para todas as aves de capoeira em zonas de risco

Em leitura:

União Europeia impõe cativeiro para todas as aves de capoeira em zonas de risco

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia prossegue o reforço das medidas de prevenção contra a gripe das aves, numa altura em que a epizootia alastra já por cinco países comunitários. Bruxelas impôs a criação de um perímetro de protecção de 3 km a que se junta uma zona de vigilância acrescida a estabelecer num raio de dez quilómetros em torno dos focos da doença, que, por enquanto, apenas afecta aves selvagens.

Para o ministro da Agricultura alemão Horst Seehofer, “devido à seriedade da situação, só é possível ter uma resposta: combater esta epizootia de forma rigorosa e diligente, mantendo a segurança das populações como prioridade máxima.” Em território europeu, a gripe das aves toca já a Alemanha, a Áustria, a Itália, a Grécia e a Eslovénia. Em França, as medidas de prevenção impõem o cativeiro ou a vacinação de todas as aves de capoeira, para evitar o contacto com animais selvagens eventualmente contaminados. Algo que o ministro da Agricultura Dominique Bussereau foi confirmar numa exploração avícola a sul de Paris. “Estamos a aplicar o princípio da precaução. Penso que os profissionais do sector compreendem perfeitamente que vão no seu próprio interesse as medidas de defesa dos consumidores.” Apesar do alastramento da gripe das aves ao território da União Europeia, compete aos Estados-membros definir as medidas a aplicar em função do nível de risco de cada região. Porém, o pânico causado pela epizootia levou a uma quebra acentuada no consumo de produtos avícolas.