Última hora

Última hora

O Hamas tem três semanas para formar governo

Em leitura:

O Hamas tem três semanas para formar governo

Tamanho do texto Aa Aa

O futuro executivo palestiniano será dirigido por Ismail Haniyeh que foi já autorizado pelo presidente da Autoridade Palestiniana, Mahmud Abbas, para formar governo. A ronda de negociações começou e os dirigentes do Hamas consultam todas as facções palestinianas em busca de aliados tendo em vista a criação de um executivo amplo.

A Autoridade Palestiniana enfrenta uma grave crise financeira desde há um mês, depois da redução das transferências de fundos que se seguiu à vitória eleitoral do Hamas, e este é o primeiro grande obstáculo do futuro primeiro-ministro. Mahmoud al-Zahar, um dos responsáveis do movimento radical, considera “o estrangulamento financeiro inaceitável e adverte que irá recorrer a todos os meios legais junto dos países árabes e comunidade internacional”. O governo israelita, dirigido por Ehud Olmert, aprovou sanções económicas contra a Autoridade Palestiniana, que qualificou de terrorista depois da participação do Hamas no poder, o grande vencedor das eleições legislativas de 25 de Janeiro. Entre as medidas decididas figura o congelamento da transferência mensal de cerca de 42 milhões de euros de fundos correspondentes ao reembolso dos direitos alfandegários.