Última hora

Última hora

Governo francês tranquiliza os consumidores de carne de aves

Em leitura:

Governo francês tranquiliza os consumidores de carne de aves

Tamanho do texto Aa Aa

A estirpe altamente letal da gripe aviária, o H5N1, foi descoberta num segundo pato selvagem encontrado morto na região de l’Ain, no centro-leste da França. Foi aqui que o primeiro-ministro, Dominique de Villepin, se deslocou para desdramatizar eventuais excessos de alarmismo.

O este novo caso de H5N1 foi encontrado num pato morto em Bouvent no passado domingo, um dia depois da descoberta do primeiro pato portador do vírus. De imediato a União Europeia autorizou a vacinação de aves em França e na Holanda. A Áustria acaba de confirmar também o seu priemiro caso de H5N1. A partir de hoje será imposta uma zona de protecção e vigilância na região uma das maiores criadores de aves do país. Para combater a quebra nas vendas de carne vários países europeus têm em curso campanhas de informação alertando que não há perigo para os consumidores Até agora, foram detectados casos de gripe das aves na Ásia, na Índia, em África e em sete países da União Europeia. A doença vitimou já 92 pessoas em todo o mundo, a maioria na Ásia, desde 2003, de acordo com dados da Organização Mundial de Saúde. O maior receio é a mutação do vírus de forma a que seja transmissível entre seres humanos o que causaria uma pandemia à escala global.