Última hora

Última hora

Índice IFO em máximo de 14 anos

Em leitura:

Índice IFO em máximo de 14 anos

Tamanho do texto Aa Aa

O índice IFO, que mede o clima de negócios na Alemanha, subiu para o valor mais alto dos últimos 14 anos. Graças à maior confiança dos comerciantes e dos empresários do sector industrial, o índice ultrapassou os 103 pontos em Fevereiro.

Foi a terceira subida consecutiva neste indicador. A confiança empresarial tem vindo a subir, quase sem interrupções, desde Setembro do ano passado.

O índice é calculado pelo instituto económico IFO, com base em entrevistas em 7000 empresas. Subiu mais de um ponto relativamente ao mês anterior, enquanto a maioria dos analistas previa uma descida.

Um dos sinais positivos para a economia alemã é o aumento da procura interna, uma vez que a economia do país continua muito centrada nas exportações.

É um bom sinal para o governo da chanceler Angela Merkel, que disse que queria voltar a fazer do país um motor da economia europeia.

No entanto, a greve dos serviços públicos é o maior grão na engrenagem. O sindicato do sector terciário, Ver.di, mantém a paralisação que dura, nalguns lander, há vários dias, contra o aumento das horas de trabalho e supressão de regalias.

Em algumas cidades, como Mannheim, a greve está a levantar problemas de saúde pública, por causa do lixo acumulado.