Última hora

Última hora

ONG americana acusa Polónia e Roménia de permitirem voos da CIA

Em leitura:

ONG americana acusa Polónia e Roménia de permitirem voos da CIA

Tamanho do texto Aa Aa

A organização norte-americana de defesa dos direitos humanos Human Rights Whatch voltou esta quinta-feira a acusar a Polónia e a Roménia de terem permitido que aviões da CIA transportando suspeitos de terrorismo fizessem escalas no seu território.

A human Rights Watch afirma a existência de provas que confirmam a tranferência de prisioneiros entre Cabul e Guantánamo, com passagens pela Europa.

Joanne Marinner esteve em Bruxelas onde foi ouvida pela comissão de inquérito do Parlamento Europeu perante a qual afirmou que “dada a gravidade dos abusos em questão, também deviam ser realizadas audiências sobre detenções e transportes secretos de prisioneiros da CIA, tanto no Congresso americano como no Parlamento Europeu”.

Entretanto, a Comissão Europeia recebeu esta quinta-feira a visita do senador suíço Dick Marty, encarregue pelo conselho da Europa, de investigar o eventual envolvimento de membros da organização pan-europeia no caso dos voos da CIA.

Até ao momento, 45 estados membros do Conselho já afirmaram não ter conhecimento de qualquer ligação ao caso, faltando ainda a resposta de San Marino.