Última hora

Última hora

Manifestação em Paris em memória de Halimi e contra o racismo e anti-semitismo

Em leitura:

Manifestação em Paris em memória de Halimi e contra o racismo e anti-semitismo

Tamanho do texto Aa Aa

Duas semanas após o assassínio de Ilan Halimi, milhares de pessoas participaram em Paris numa marcha contra o racismo e o anti-semitismo.

Várias dezenas de milhar de pessoas desfilaram em memória do jovem judeu de 23 anos, encontrado em agonia perto de uma estação ferroviária, nos arredores de Paris, no dia 13, depois de ter sido sequestrado e torturado durante três semanas. Morreu dos ferimentos, a caminho do hospital. Um representante da comunidade judaica diz que a manifestação é “uma demonstração do povo francês que se sente insultado pelo que se passou e que tem uma vontade, não só política como popular, de dizer não a esta violência”. À cabeça da marcha, encontravam-se várias personalidades da política francesa. Na quinta-feira, o líder do gangue responsável pela morte de Halimi foi capturado na Costa do Marfim, depois da polícia francesa ter emitido um mandado de captura internacional.