Última hora

Última hora

Sem Mladic na justiça não há negociações

Em leitura:

Sem Mladic na justiça não há negociações

Tamanho do texto Aa Aa

A União Europeia exige que a Sérvia entregue Ratko Mladic ao Tribunal Penal Internacional. Se isso não acontecer, o processo de negociação para a adesão de Belgrado, marcado para 1 de Abril, pode ser suspenso. O assunto foi abordado esta segunda-feira, no Conselho de Ministros dos Assuntos Gerais e ficou claro que a margem de manobra de Belgrado está agora mais reduzida.

O ultimatum foi feito pelo Comissário para o Alargamento. Depois da reunião dos ministros dos Negócios Estrangeiros dos 25, Olli Rehn disse aos jornalistas que, sem Mladic na prisão, não há aproximação, entre Bruxelas e Belgrado. “Nós esperamos agora que a Sérvia, para conseguir uma cooperação plena, sem atrasos, deve desenvolver esforços para capturar e transferir Ratko Maldic e outros indiciados. As conclusões do Conselho de hoje são claras e ficam à consideração. Se a Sérvia não conseguir uma cooperação plena, nós não podemos evitar a suspensão as negcoiações ficam à espera”, disse o comissário

Mladic, o braço armado de Karadizic é acusado de genocídio, na Bósnia e, desde 1995, que o Tribunal Penal Internacional espera pela oportunidade de o julgar. Bruxelas diz que não se trata de um ultimatum, mas se a exisgência não for satisfeita, as negociações ficam, para já comprometidas.