Última hora

Última hora

Economia norte-americana revista em alta

Em leitura:

Economia norte-americana revista em alta

Tamanho do texto Aa Aa

O furacão Katrina passou por Nova Orleães há quase meio ano, mas os efeitos desta catástrofe ainda se fazem sentir na economia dos Estados Unidos.

A produção nacional de petróleo está bem abaixo do normal, prosseguem os trabalhos de recuperação das refinarias da região, um trabalho lento.

De acordo com Rayola Dougher, do Instituto Americano para o Petróleo, “24 por cento da produção está afectada, o que representa 384 mil barris por dia, equivalente a 6,6 por cento do total da produção nacional”.

Mas os sinais negativos parecem estar a evaporar-se, a economia dos Estados Unidos cresceu 1,6 por cento no quarto trimestre de 2005, de acordo com a taxa anualizada.

No entanto a confiança dos consumidores caiu em Fevereiro mais do que o esperado, para o valor mais baixo em três meses. Estabeleceu-se nos 101,7 pontos, contra os 106,8 pontos de Janeiro.

A actividade industrial da região de Chicago, um indicador importante para a evolução da indústria no país, expandiu-se a um ritmo inferior ao previsto para Fevereiro.