Última hora

Última hora

Gripe das aves detectada na Suécia e num mamífero na Alemanha

Em leitura:

Gripe das aves detectada na Suécia e num mamífero na Alemanha

Tamanho do texto Aa Aa

A gripe das aves foi detectada num gato na ilha alemã de Rugen. Falta confirmar a presença do H5N1. É o primeiro caso a ser detectado no país fora de aves selvagens. Mas as autoridades garantem que a infecção dos gatos durante as caçadas é um facto conhecido na Ásia.

Até agora não se conhecem casos de contágios de humanos através de um gato, mas os receios crescem, pois os felinos poderão facilitar a mutação do vírus. Entretanto, aumenta o número de países afectados com a epizootia. Hoje foi a vez da Suécia anunciar os primeiros casos. Numa conferência conjunta com a ministra da Agricultura, a perita em epizootias, Marianne Elvander, desvendou que o vírus foi descoberto em dois dos vários patos selvagens encontrados mortos na costa do Báltico. Mas não se sabe se estão infectados com a variante mais perigosa. O combate à epizootia esteve no centro da reunião de dois dias de veterinários de 50 países em Paris. O encontro terminou com alertas: o vírus ameaça alastrar ainda mais com as migrações na Primavera e os países ricos devem ajudar os mais pobres, pois se um falha todos os outros estão ameaçados.