Última hora

Última hora

Bush inicia périplo asiático com visita surpresa ao Afeganistão

Em leitura:

Bush inicia périplo asiático com visita surpresa ao Afeganistão

Tamanho do texto Aa Aa

É a primeira visita de George W. Bush ao Afeganistão desde a queda do regime Talibã em 2001. O presidente norte-americano viajou de surpresa para o país onde se encontroucom o presidente afegão Hamid Karzai e outros responsáveis governamentais em Cabul.

Pouco antes da inauguração de uma nova embaixada norte-americana, os dois chefes de Estado aproveitaram a ocasião para agradecimentos e elogios mútuos, com o chefe de Estado afegão a referir-se a Bush como “O nosso grande apoiante, um homem que nos ajudou a libertar, um homem que nos ajudou a reconstruir, eque nos ajudou a seguir em frente” Por seu lado, o presidente norte americano adiantou que, “estamos impressionados com o progresso do seu país senhor Presidente. Muito desse progresso deve-se à sua liderança. Hoje tive uma boa visita com o meu amigo, o Presidente, mas também com… outros amigos que fazem este governo funcionar. A seguir vamos cortar a fita da nossa nova embaixada, uma embaixada que deverá servir como uma mensagem clara”. A visita do presidente norte-americano ocorre numa altura em que o Afeganistão vive ainda momentos de instabilidade, com um aumento das hostilidades. Esta quarta-feira forças paquistanesas efectuaram um ataque a milícias conotadas com a Alqaida, na zona tribal que faz fronteira entre o Paquistão e o Afeganistão. Pelo menos 1500 pessoas, incluindo dezenas de soldados americanos, perderam a vida só no último ano em território afegão. A visita de George W Bush ao Afeganistão é a primeira de um périplo asiático que inclui a Índia e o Paquistão. Depois de em 2004 milhões de refugiados terem regressado ao Afeganistão para participar nas presidenciais que levaram Karzai ao poder, as autoridades norte-americanas descrevem a situação no país como um caso de relativo sucesso, comparativamente à situação no Iraque.