Última hora

Última hora

Gloria Arroyo anuncia fim do estado e emergência para breve

Em leitura:

Gloria Arroyo anuncia fim do estado e emergência para breve

Tamanho do texto Aa Aa

O estado de emergência nas Filipinas vai continuar, mas não por muito mais tempo. Quem o diz é a presidente filipina, Gloria Arroyo, que numa mensagem televisiva afirmou ter pedido a altos responsáveis das forças armadas que lhe transmitam, nos próximos três dias, relatórios sobre a situação tensa que se vive actualmente no seio do exército.

Alegando o perigo de um golpe militar, conduzido por militares descontentes, rebeldes comunistas e apoiantes civis da oposição, Arroyo decidiu instaurar o estado de emergência na passada sexta-feira. A presidente filipina justificou a decisão afirmando que os militares se preparavam para aproveitar a passagem do 20º aniversário da queda do ex-ditador Ferdinand Marcos para efectuarem um golpe de estado. Várias organizações internacionais de imprensa condenaram entretanto a presidente filipina, porque vêem nesta medida uma tentativa de abafar os direitos de informação dos jornais que não estão de acordo com a linha política do governo. A credibilidade de Arroyo ficou extremamente enfraquecida com as acusações de corrupção e fraude eleitoral, no ano passado. Desde então a presidente filipina tem tentado consolidar a sua posição na presidência.