Última hora

Em leitura:

Guardas prisionais jordanos libertados


mundo

Guardas prisionais jordanos libertados

Sete guardas prisionais, e o director de uma prisão foram esta quarta-feira libertados depois de terem premanecido reféns durante confrontos ocorridos em três estabelecimentos prisionais jordanos. Segundo as forças de segurança de Amã, o grupo de revoltosos exigia a libertação de prisioneiros ligados à Alqaida detidos na Jordânia.

A tomada de reféns terá acontecido durante embates entre prisioneiros e forças policiais que tentavam transferir detidos islamitas para prisões de alta segurança. Das exigências dos raptores constava a libertação de uma mulher iraquiana acusada de tentar fazer-se explodir durante uma série de ataques simultâneos ocorrida o ano passado em três hotéis da capital jordana. Os atentados mataram mais de 50 pessoas. Fontes oficiais jordanas dizem que o aumento destes ataques no país está ligado com o crescente sentimento anti-americano causado pela invasão americana do Iraque em 2003.
Saiba mais:

Há pontos de vista diferentes para cada história: a Euronews conta com jornalistas do mundo inteiro para oferecer uma perspetiva local num contexto global. Conheça a atualidade tal como as outras línguas do nosso canal a apresentam.

Artigo seguinte

mundo

Autoridades sauditas abatem presumível chefe da Al-Qaida em Riade