Última hora

Última hora

União Europeia recomenda confinamento de animais de estimação

Em leitura:

União Europeia recomenda confinamento de animais de estimação

Tamanho do texto Aa Aa

As autoridades veterinárias da União Europeia recomendam que os donos de animais de estimação que habitem as zonas afectadas pelo vírus H5N1 confinem gatos, cães, e aves.

Uma medida de precaução segundo a qual se devem evitar contactos entre carnívoros domésticos, em particular os gatos e as aves selvagens, publicada esta quarta-feira em declaração da Comissão Europeia. Em Bruxelas, o Comité Permanente da Cadeia Alimentar reuniu peritos dos 25 que aprovaram diversas recomendações, de entre as quais se destaca a advertência a proprietários de felinos e canídeos de estimação para que mantenham os animais encerrados ou presos por trelas e sob vigilância. Entretanto, medidas idênticas foram anunciadas pela Alemanha depois da descoberta de um gato morto portador da estirpe mais perigosa do vírus da gripe, na Ilha de Ilha de Rugen, no Nordeste do país. Para além confinamento dos animais mais vulneráveis, as autoridades alemãs recomendam que qualquer caso suspeito seja imediatamente comunicado para que possa ser analizado e autopsiado. Apesar dos últimos desenvolvimentos, os peritos afirmam que a descoberta do vírus mortal num gato não aumenta a possibilidade de transmissão aos humanos. A Organização Mindial de Saúde já fez saber que o risco de infecção no Homem é actualmente mínimo. A Suíça tornou-se no último país europeu a confirmar um caso de H5N1, detectado num pato encontrado morto em Genebra.