Última hora

Última hora

50 trabalhadores de empresa de segurança raptados em Bagdade

Em leitura:

50 trabalhadores de empresa de segurança raptados em Bagdade

Tamanho do texto Aa Aa

Um grupo de homens vestidos com uniformes de uma força de elite do Ministério do Interior iraquiano raptou 50 trabalhadores de uma empresa de segurança em Bagdade.

De acordo com testemunhas, os sequestradores chegaram em pelo menos 10 carros, entraram no edifício da empresa sediada no bairro oriental de Zayouna e levaram os trabalhadores para local desconhecido. Ainda em Bagdade, mas durante a noite, o exército norte-americano fez uma descoberta no mínimo macabra: 18 cadáveres numa camioneta estacionada no oeste da capital. Os 18 corpos apresentavam marcas de estrangulamento ou de balas e nenhum deles estava acompanhado de identificação. Os cadáveres são de 18 homens com idades compreendidas entre os 25 e os 35 anos. À escalada de violência das últimas semanas no Iraque não é alheia a instabilidade política em que o país vive. A primeira sessão do novo parlamento, marcada para domingo como manda a Constituição, poderá vir a ser adiada. Em causa está a recondução do primeiro-ministro Ibrahim Jaafari no cargo. O presidente Jalal Talabani já se mostrou contra esta hipótese por considerar que o nome de Jaafari não é unânime. Escolhido pela Aliança Unificada Iraquiana para ocupar o cargo, Jaafari nunca foi indigitado pelo presidente para formar governo.