Última hora

Última hora

Portugal a horas de mudar de Presidente

Em leitura:

Portugal a horas de mudar de Presidente

Tamanho do texto Aa Aa

Foi durante um almoço informal que decorreu o último encontro entre Jorge Sampaio e Aníbal Cavaco Silva antes da passagem de poderes presidenciais, esta quinta-feira

Nas poucas declarações proferidas antes da cerimónia, Cavaco Silva agradeceu a Sampaio as condições criadas em torno da transição e escusou-se a comentar o mandato do antecessor antes do discurso de tomada de posse: “No discurso de tomada de posse direi o que penso do Presidente cessante. Temos relações muito cordiais e a transição decorreu de forma muito tranquila. Aliás, quero agradecer ao presidente Sampaio as condições que criou para que a transição decorresse da melhor forma”. Cerca de 900 convidados nacionais e estrangeiros devem participar na cerimónia de tomada de posse no parlamento. Na chegada a Belém, Aníbal Cavaco Silva não terá diplomas pendentes, pois Jorge Sampaio promulgou todos os textos, mas terá de enfrentar as críticas dos que dizem que, no seu mandato, vão aumentar as injustiças sociais.