Última hora

Última hora

Rússia descarta proposta de acordo para solucionar crise nuclear iraniana

Em leitura:

Rússia descarta proposta de acordo para solucionar crise nuclear iraniana

Tamanho do texto Aa Aa

A crise nuclear iraniana está cada vez mais próxima do Conselho de Segurança da ONU.Uma moratória ao enriquecimento de urânio em território iraniano está de momento fora de questão.Uma alegada proposta russa a este respeito, que iria permitir que a república islâmica prosseguisse a investigação nuclear, foi desmentida por Condoleezza Rice na recepção ao chefe da diplomacia russa Sergei Lavrov.Aliás, Moscovo terá deixado cair a sugestão, depois dos parceiros europeus e norte-americano a terem rechaçado.

A crise é seguida de perto pela administração Bush, que quer a todo o custo evitar o desenvolvimento de um programa nuclear iraniano, por temer que os objectivos ultrapassem a esfera civil. Diante de um grupo de pressão israelo-americano em Washington, o vice-presidente Dick Cheney disse que “o regime iraniano tem de saber que, se mantém este rumo, a comunidade internacional está preparada para impôr significativas consequências”. A Agência Internacional de Energia Atómica avalia actualmente o relatório de Mohammed El-Baradei, mas, na falta de um acordo que permita sanar a crise, a questão deverá ser proximamente transferida para o Conselho de Segurança das Nações Unidas. Teerão poderá estar a contar com a falta de consenso entre os países com assento no organismo, mas, a manter-se o impasse, as sanções contra a República Islâmica poderão tornar-se uma realidade.