Última hora

Última hora

Núcleo duro do Conselho de Segurança debate crise nuclear iraniana

Em leitura:

Núcleo duro do Conselho de Segurança debate crise nuclear iraniana

Tamanho do texto Aa Aa

Os embaixadores dos países membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas com direito de veto já iniciaram uma série de encontros informais com o objectivo de adoptarem uma posição comum sobre a questão nuclear iraniana na reunião do organismo da próxima semana.

Em parte devido a interesses económicos, a China e a Rússia estão mais relutantes em adoptar uma postura ríspida contra o Irão ao contrário dos Estados Unidos, da França e do Reino Unido. Para os ministros dos Negócios Estrangeiros da União Europeia, reunidos em Salzburgo, a via do dialogo é a preferida, como salientou o chefe da diplomacia britânica Jack Straw. Mas a aplicação de sanções contra Teerão não está colocada de parte anunciou o representante da diplomacia da União, Javier Solana. No Irão as manifestações a favor da política seguida pelo ayatollah Khamenei e pelo presidente Mahmoud Ahmadinejad sucedem-se. Na universidade da capital iraniana foi a vez do clérigo islâmico Ahmad Khatami incitar os fieis contra o ocidente referindo que George Bush pretende colocar um governo não islâmico no país. Esta sexta-feira o presidente norte-americano salientou querer uma solução diplomática para um assunto que constitui uma grave preocupação para a segurança dos Estados Unidos.