Última hora

Última hora

Silvio Berlusconi: candidato e arguido a um mês das eleições

Em leitura:

Silvio Berlusconi: candidato e arguido a um mês das eleições

Tamanho do texto Aa Aa

Silvio Berlusconi está de novo nas malhas da justiça a menos de um mês das eleições italianas. O tribunal de Milão decidiu reabrir o processo por corrupção contra o primeiro-ministro italiano, acusado de ter pago 600 mil dólares ao advogado britânico Jeff Mills, para que este não revelasse detalhes sobre o seu império mediático.

Berlusconi poderá ter que comparecer em Maio numa audiência preliminar do processo. Esta nova acusação surge no contexto do inquérito a diversas irregularidades na compra e venda de direitos televisivos do grupo Mediaset, propriedade de Berlusconi. O escândalo tinha nas últimas semanas atingido igualmente o Reino Unido, uma vez que o advogado Jeff Mills era até há alguns dias casado com a actual ministra da cultura britânica. Tanto Berlusconi como Mills negam as acusações. Reagindo à decisão do tribunal de Milão, um porta-voz do primeiro-ministro apontou as acusações de corrupção como “teorias falsas”. Esta nova acção contra o chefe de governo, ocorre quando o partido Forza Itália tem uma desvantagem de 26% nas sondagens face à coligação de centro-esquerda liderada por Romano Prodi.