Última hora

Última hora

Governo espanhol activa plano de cooperação para travar clandestinos

Em leitura:

Governo espanhol activa plano de cooperação para travar clandestinos

Tamanho do texto Aa Aa

O navio-hospital espanhol Esperanza del Mar resgatou hoje 18 corpos de imigrantes ilegais nas águas entre a Mauritânia e o arquipélago das Canárias. A operação de resgate, que decorre a cerca de 70 milhas náuticas do Cabo Branco, na Mauritânia, foi desencadeada depois de um barco pesqueiro ter dado o alerta após a descoberta de alguns corpos. As autoridades espanholas confirmaram que há relatos de vários naufrágios mais uma vaga de imigrantes ilegais para as costas das Ilhas Canárias.

Estimativas do Governo sugerem que desde 10 de Novembro de 2005 entre 1.200 e 1.300 pessoas morreram no mar a tentar chegar às ilhas. Entre 700 a 800 pessoas, a maioria naturais do Mali, Gambia e Senegal, tentam diariamente a viagem.

Só hoje chegaram às canárias 350 emigrantes ilegais. O Governo espanhol reuniu de emergência e anunciou um pacote de medidas que passa pelo reforço dos meios técnicos e humanos nas Canárias e patrulhamento e instalação de centros de acolhimento ao governo da Mauritânia. Uma delegação governamental espanhola e um representante da Comissão Europeia deslocam-se quinta-feira à Mauritânia para analisar o problema.