Última hora

Última hora

Londres: ensaio clínico deixa seis pessoas em estado grave

Em leitura:

Londres: ensaio clínico deixa seis pessoas em estado grave

Tamanho do texto Aa Aa

Seis pessoas estão internadas em estado grave no Hospital londrino de Northwick Park devido a complicações durante o ensaio clínico de um medicamento contra a leucemia e doenças crónicas inflamatórias, como a esclerose múltipla e a artrite reumatóide. A droga em causa, TGN 1412, foi desenvolvida pela empresa alemã TeGenero.

Thomas Hanke, responsável científico da Parexel, a empresa norte-americana que conduzia o ensaio clínico, afirma que “estava previsto ministrar uma dose ajustada à massa corporal dos participantes, algo habitual nos testes a este tipo de drogas. O teste em voluntários saudáveis é o procedimento habitual nos ensaios iniciais em humanos.” O teste clínico começou na segunda-feira de manhã no Hospital de Northwick com oito voluntários. Seis dos participantes, aos quais foi ministrada o verdadeiro medicamento, começaram a sentir náuseas uma hora e meia depois da ingestão da droga. Ao final da tarde, com o agravamento do quadro clínico, foram transferidos para os cuidados intensivos. Myfanwy Marshall diz que o namorado, um dos pacientes em estado crítico, “tem a cara tão inchada que parece o Homem-Elefante: “Estão a filtrar-lhe o sangue para tentar purificá-lo. Todos os órgãos foram afectados, os rins, os pulmões, o fígado, o coração, tudo…Tentam mantê-lo vivo com recurso a máquinas, mas disseram que pode morrer a qualquer momento.” A autoridade reguladora do sector farmacêutico britânico, que está a colaborar com a Scotland Yard na investigação criminal entretanto instaurada, suspendeu o teste e alertou as congéneres europeias onde o mesmo tipo de ensaios possa estar a decorrer.