Última hora

Última hora

Partidos políticos espanhóis congratulam-se com decisão da ETA

Em leitura:

Partidos políticos espanhóis congratulam-se com decisão da ETA

Tamanho do texto Aa Aa

A trégua da ETA foi, como seria de esperar, motivo de regozijo para todas as forças políticas espanholas. A decisão da ETA acabou por centrar as atenções nas próximas decisões que o governo vai tomar em relação a este assunto.

O governo já se mostrou prudente. Os vários ministros do executivo madrileno não esconderam que apesar de a notícia ser boa é preciso agir com precaução. No entanto, qual será o preço a pagar por esta decisão da ETA? Uma questão pertinente, abordada pelo líder do Partido Popular, Mariano Rajoy. Em conferência de imprensa, o líder da oposição referiu que “a trégua da organização terrorista basca é uma pausa. A ETA não renuncia à sua actividade criminosa.” Para Rajoy, as declarações dos etarras “pressupõem a vontade de continuarem a existir, e não pedem perdão a ninguém”. Para além disso, refere o líder do PP, “a ETA mantém o mesmo objectivo de sempre que é a autodeterminação do País Basco”.