Última hora

Última hora

Barroso festeja 50 anos em plena Cimeira Europeia da energia

Em leitura:

Barroso festeja 50 anos em plena Cimeira Europeia da energia

Tamanho do texto Aa Aa

Durão Barroso não tinha contado com a surpresa preparada pelo chanceler austríaco Wolfgang Schussel, que este semestre assume os destinos da União: um bolo de aniversário, apresentado em plena foto de família dos chefes de Estado e de governo dos Vinte e Cinco, que festejaram, assim, os 50 anos do presidente da Comissão Europeia.

Uma forma de adoçar as bocas numa cimeira tensa. Os líderes dos Vinte e Cinco discutem, sobretudo, o lançamento de uma política energética comum, num contexto marcado pela polémica em torno do alegado patriotismo económico de certos países e do caso Enel/Suez/Gaz de France.

Mas não é só a França que está em causa. A Espanha também é acusada de proteger o seu mercado energético, concretamente no caso da OPA da E.ON sobre a Endesa.

Estas manobras não agradam à Comissão, que defende a criação de grandes empresas energéticas europeias. Aquilo a que a chanceler alemã chama os “campeões europeus”. Angela Merkel pediu mesmo aos parceiros que ponham de lado as questões nacionais e pensem em termos comunitários.

Os Vinte e Cinco discutem a proposta da Comissão Europeia para uma política energética comum e uma diversificação dos fornecedores e das fontes de energia – com destaque para as alternativas mais ecológicas. Bruxelas defende ainda que a Europa deve falar a uma só voz na cena internacional e, sobretudo, quando se trata de negociar com Moscovo.